Últimas notícias:

Publicidade Legal com Certificação Digital. “Lei 13.818/2019, que alterou o art. 289, da Lei das S/As. Em vigor desde 1º/01/2022.

Dados contabilizam casos de 2023 em oito Estados brasileiros

A cada 24 horas, ao menos oito mulheres são vítimas de violência

mulheres

No ano de 2023, ao menos oito mulheres foram vítimas de violência doméstica a cada 24 horas. Os dados referem-se a oito dos nove Estados monitorados pela Rede de Observatórios da Segurança (BA, CE, MA, PA, PE, PI, RJ, SP). A informação consta do novo boletim “Elas Vivem: Liberdade de Ser e Viver”, divulgado nesta quinta-feira (7). Ao todo, foram registradas 3.181 mulheres vítimas de violência, representando um aumento de 22,04% em relação a 2022.

Ameaças, agressões, torturas, ofensas, assédio, feminicídio. São inúmeras as violências sofridas que não começam ou se esgotam nas mortes registradas. Os dados monitorados apontaram 586 vítimas de feminicídios. Isso significa dizer que, a cada 15 horas, uma mulher morreu em razão do gênero, majoritariamente pelas mãos de parceiros ou ex-parceiros (72,7%), que usaram armas brancas (em 38,12% dos casos), ou por armas de fogo (23,75%).

Foto: Agência Brasil

Pais de crianças com autismo protestam contra medida de plano de saúde

Estado tem seis das 10 cidades com menores taxas de homicídio do Brasil

Fiscalização de trânsito faz 19 autuações no Jardim Zulmira

Empresário que atirou contra casal é preso

Estreia na Copa América é vista como oportunidade

Amarelinha encara Costa Rica na próxima segunda-feira (24), às 22 horas, nos EUA

Itu e Salto sediam Mostra de Modelismo Ferroviário

Evento começa no próximo dia 22 na Estação Ferroviária de Itu e Salto e terá entrada franca


Anuncie aqui!

Prencha e entraremos em contato!