Últimas notícias:

Publicidade Legal com Certificação Digital. “Lei 13.818/2019, que alterou o art. 289, da Lei das S/As. Em vigor desde 1º/01/2022.

Por sua vez, em um ano, houve queda de 2,06%

Cesta básica sobe R$ 8,46 na Cidade

O preço da cesta básica na cidade subiu R$ 8,46 em um mês. De acordo com o Laboratório de Ciências Aplicadas da Universidade de Sorocaba (Uniso), na comparação de dezembro com novembro de 2023, o aumento foi de 0,83%, passando de R$ 1.019,25 para R$ 1.027,71.

Por sua vez, na diferença de um ano, houve uma queda de 2,06%, ou seja, R$ 21,63 pagos a menos pelo consumidor. O aumento em dezembro foi no mesmo sentido do resultado medido pelo índice de inflação oficial (IPCA-15), que apresentou alta de 0,40%.

“Isso significa que os produtos de consumo básico que compõem a cesta básica ficaram mais caros, caminhando no mesmo sentido dos bens e serviços em geral, medidos pelo IPCA-15”, enfatiza o boletim do laboratório divulgado nesta quinta-feira (4).

Dos 34 itens que compõem a cesta básica sorocabana, 22 deles apresentaram aumento no preço. Entre os itens que apontaram maiores aumentos em dezembro em relação a novembro estão: a batata (19,49%), com maior aumento, que passou de R$ 6,51/(1kg) para R$ 7,77/(1kg).

O feijão, segundo item com maior aumento de preço (15,38%), passou de R$ 6,91/(1kg) para R$ 7,98/(1kg); o alho (8,27%), de R$ 5,71/(200g) para R$ 6,18/(200g); e, em quarto lugar, o arroz (4,57%), que passou de R$ 29,15/(5kg) para R$ 30,48/(5kg).

A batata continuou com a tendência de alta observada no mês de novembro. “Esse cenário é reflexo da menor oferta em função de problemas na produção, que vêm resultando em queda de produtividade”, explica.

No caso do feijão, problemas climáticos ocorridos no período da safra em alguns tipos de feijão, e nos últimos meses o período de entressafra, impulsionaram o aumento do preço deste componente da cesta.

Maiores quedas

Quanto às maiores quedas no mês de dezembro em relação a novembro, os destaques são para sabão em barra (-7,29%), que passou de R$ 13,78/(pc. 5un.) para R$ 12,78/(pc. un.), e carne 2ª (-5,32%), passando de R$ 28,18/(1kg) para R$ 26,68/(1kg).

O principal destaque no quesito queda de preços ficou para as carnes, principalmente a de 2ª, que, após apresentar elevação no mês anterior, voltou a indicar tendência de queda, queda muito importante por conta da importância relativa deste item na cesta básica.

Foto: Agência Brasil

Cerca de 400 alunos participam de plantio de mudas de árvores

ETE Pitico opera com capacidade ampliada e estruturada até 2025

ETE Pitico recebe e trata o esgoto gerado nos bairros localizados à esquerda da Avenida Itavuvu e à direita da Avenida Ipanema, na zona norte

Autuações contra balões saltam 135% em SP

Castello-Raposo espera 667 mil veículos no feriado

Movimento começa a ficar intenso nesta quarta-feira (29)

Espetáculos encerram mês no Sesc Sorocaba

Apresentações trazem peças inspiradas em obras de Shakespeare e circo freak-show

A exuberante natureza e roteiros do Vale do Ribeira


Anuncie aqui!

Prencha e entraremos em contato!