Últimas notícias:

Publicidade Legal com Certificação Digital. “Lei 13.818/2019, que alterou o art. 289, da Lei das S/As. Em vigor desde 1º/01/2022.

Mostra no Sorocaba Clube – Palaciano traz os 10 anos de colunismo de Jorge Afeich, colunista social do “Metropolitano”

Exposição homenageia o Dia do Colunista Social

WhatsApp Image 2022-12-08 at 16.32.52

No dia 8 de dezembro comemora-se o Dia do Colunista Social. Para celebrar a data, até o próximo dia 31, no Sorocaba Clube – Palaciano, seguirá a exposição “10 Anos de Colunismo – Dia do Colunista Social”, com algumas das páginas produzidas pelo colunista social do “Metropolitano”, Jorge Afeich.

Durante seus 10 anos de colunismo, colaborou com os jornais impressos “Leia Mais”, de 2012 a 2014 (coluna “Mais Encontros”), “Diário de Sorocaba”, de 2018 a maio de 2022 (coluna “Sociedade”) e atualmente é titular da coluna “Em Destaque” do Jornal “Metropolitano”.

Diferente do início da profissão, quando os colunistas destacavam em suas colunas apenas os vestidos elegantes das socialites, grandes festas e acontecimentos de famílias abastadas e tradicionais, hoje uma coluna social tem espaço aberto para os mais diversos assuntos (arte, cultura, esporte, eventos sociais, economia, benemerência, gastronomia, política, entre outros) e para os mais diversos tipos de pessoas.

No final da década de 90, a então deputada estadual Edir Salles apresentou um projeto na Assembleia Legislativa para que se instituísse o “Dia do Colunista Social” em 8 de dezembro, data que entrou para o calendário comemorativo do Estado de São Paulo.

A lembrança tem o objetivo de valorizar e reconhecer o profissional da escrita social, que sempre está a par de tudo o que acontece na sociedade, bastidores, e transpõe o olhar minucioso e diferenciado através de suas colunas nos meios jornalísticos.

Sorocaba sempre foi rica em colunistas sociais, que, na sua época, retrataram, cada qual com seu olhar, os acontecimentos sociais, festas, casamentos, eventos corporativos e beneficentes que eram comemorados na cidade. Entre eles, destacam-se a icônica Guyma Baddini, Hélia Neves Fernandes, que durante as décadas de 70 e 80 reinou soberana no colunismo social sorocabano; Eloísa Elena, Sérgio Vinícius, a saudosa Eliane Leme; e mais recentemente Ângela Fiorenzo, autora de um livro que conta a história dos últimos 100 anos do colunismo social em Sorocaba; Jak Catena, que durante um tempo abalou as estruturas da sociedade sorocabana com sua coluna; e, já nos tempos das redes sociais, Simone Sanches, Samira Galli e o advento do colunismo social digital com diversos blogs e páginas na internet, onde se destaca a colunista e fotógrafa Sônia Gonçalves.

Foto: Divulgação

Cerca de 400 alunos participam de plantio de mudas de árvores

ETE Pitico opera com capacidade ampliada e estruturada até 2025

ETE Pitico recebe e trata o esgoto gerado nos bairros localizados à esquerda da Avenida Itavuvu e à direita da Avenida Ipanema, na zona norte

Autuações contra balões saltam 135% em SP

Castello-Raposo espera 667 mil veículos no feriado

Movimento começa a ficar intenso nesta quarta-feira (29)

Espetáculos encerram mês no Sesc Sorocaba

Apresentações trazem peças inspiradas em obras de Shakespeare e circo freak-show

A exuberante natureza e roteiros do Vale do Ribeira


Anuncie aqui!

Prencha e entraremos em contato!